21 de outubro de 2020, 19h13

Jorge Jesus: "Queremos chegar ao fim desta Liga Europa"

Futebol

Treinador dos encarnados anteviu a partida com o Lech Poznan da ronda inaugural do grupo D.

ANTEVISÃO

O treinador do Sport Lisboa e Benfica, Jorge Jesus, lançou, em conferência de Imprensa, o jogo da 1.ª jornada do grupo D da Liga Europa. O desafio com o Lech Poznan está marcado para as 17h55 portuguesas desta quinta-feira. 

Na antevisão, o técnico assumiu o favoritismo para o encontro, garantiu que a equipa vai tentar assumir as rédeas do desafio, elogiou a ideia de jogo dos polacos e garantiu Gilberto no onze. 

Como olha para este adversário, que está há alguns anos ausente das competições europeias? Acredita que será uma motivação extra para a equipa polaca? Como é que o Benfica o vai contrariar?

O Benfica é sempre uma motivação extra para qualquer equipa. A história e o passado, mais concretamente nesta competição, assim o dizem. Não queremos passar por esta Liga Europa, queremos chegar ao fim desta Liga Europa, e chegar ao fim é poder estar em Gdansk [cidade onde se joga a final]. Esse é o nosso objetivo, mas um objetivo de cada vez. O primeiro é passar esta fase de grupos, e o jogo de amanhã [quinta-feira] visa esse pensamento. Começar bem é começar com uma vitória.

Jorge Jesus Antevisão Lech Poznan Benfica

"Vamos sempre tentar assumir o jogo"

O Lech Poznan disse que não tem medo do Benfica e que não vai jogar com medo. Isso é bom para a sua estratégia de jogo, pode permitir-lhe ganhar espaço na defesa adversária?

É normal o treinador do nosso adversário pensar assim. Não há nenhuma equipa no mundo que meta medo seja a quem for, e o Benfica também não vai meter. O Benfica vai tentar esgrimir amanhã [quinta-feira] com um adversário que tem as suas ambições, uma ideia de jogo muito interessante... O treinador adversário não vai mudar as suas ideias, penso que era isso que ele queria dizer.

O Benfica vai assumir o jogo?

O Benfica vai sempre tentar assumir o jogo, jogando onde jogar. Isso faz parte da filosofia da equipa. Pode é não conseguir, caso o Lech Poznan não deixe. O adversário tem qualidades táticas e técnicas para que isso possa acontecer.

Jorge Jesus Antevisão Lech Poznan Benfica

"O Benfica é sempre uma motivação extra para qualquer equipa"

O que espera do Lech Poznan?

Desde que soubemos que esta equipa iria estar no nosso grupo, começámos a estudá-la. Tem o Pedro Tiba, que é um jogador que conheço bem. Em Portugal tinha um valor elevado e, neste momento, é considerado um dos melhores jogadores desta equipa polaca. Vamos tentar que ele não tenha influência no jogo. Será um adversário que nos irá causar alguns problemas, mas temos de estar preparados para isso. O que importa é que no final do jogo a vitória possa ser do Benfica.

Aceita a responsabilidade do favoritismo que é atribuído ao Benfica para o jogo?

Aceito. O passado do Benfica assim o diz. Reconhecerem esse favoritismo é sinal da valorização do Benfica, mas isso não diz que o Benfica tem mais capacidades do que o adversário antes de o jogo começar. Uma coisa é o jogo, outra é a história dos dois clubes. Pela história, o Benfica tem de ser favorito, sem dúvidas. Temos de demonstrar, para além de sermos favoritos, que somos melhores durante o jogo para alcançarmos a primeira vitória nesta competição.

Jorge Jesus Antevisão Lech Poznan Benfica

"Pela história, o Benfica tem de ser favorito"

Está a pensar fazer alterações à equipa para este ciclo que aí vem?

O facto de termos sete ou oito jogos em poucos dias não tem nada a ver com uma mudança do jogo com o Rio Ave para o jogo de amanhã [quinta-feira]. A equipa ainda não entrou nesse processo de fadiga acumulada. As alterações que possa fazer não têm nada a ver com estar ou não fatigado em relação ao último jogo.

Peço-lhe um comentário sobre o facto de ter perdido André Almeida, que sofreu uma lesão grave no último jogo oficial. E pergunto-lhe: quem vai jogar como lateral-direito frente ao Lech Poznan, Gilberto ou Diogo Gonçalves?

O André Almeida não é só um jogador do plantel do Benfica, é também um dos capitães de equipa, tem muitos anos de Clube e possui características especiais. Pode parecer que não é muito virtuoso tecnicamente, mas tem muita qualidade tática. Gosto muito de ter jogadores na minha equipa com as características do André. Não é por acaso que está no Benfica, veio para o Clube no meu começo. Tem vindo a crescer e estava muito mais jogador do que quando eu saí. É uma perda significativa, mas a vida é assim, tem de jogar outro na posição dele, e, se não acontecer nada de especial em contrário, amanhã [quinta-feira] vai jogar o Gilberto.

Texto: Filipa Fernandes Garcia, Marco Rebelo, Diogo Nascimento e João Sanches

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar