Futebol

12 maio 2021, 15h03

Kika Nazareth e Tiago Gouveia

ENTREVISTA BTV

As diferenças, as semelhanças, as características como jogadores, os melhores no um contra um, o peso de representar o Sport Lisboa e Benfica, e muito mais... Kika Nazareth e Tiago Gouveia, dois talentos do Glorioso, num frente a frente que vale a pena.

Nesta entrevista à BTV, realizada no Benfica Campus, nenhuma bola saiu transviada. De um lado, e a representar a equipa feminina das águias, Kika Nazareth, jogadora de 18 anos, que já leva nove golos oficiais na presente temporada. Do outro lado, em nome da equipa B, esteve Tiago Gouveia. O futebolista de 19 anos conta com cinco remates certeiros repartidos entre 2.ª Liga, Liga Revelação e Taça Revelação. A conversa decorreu num tom muito descontraído, próprio de um contexto partilhado por dois jovens que se respeitam e admiram mutuamente...

Kika e TIago Gouveia Entrevista Benfica Campus

Como descreveria a Kika como jogadora?

Tiago Gouveia: Eu já disse a outras pessoas, não só a ela, que creio que vai ser o futuro do futebol feminino. Não me refiro só em Portugal, é o futuro do futebol feminino no geral. Já vejo futebol feminino há três anos e nunca vi uma jogadora assim. Mesmo vendo na seleção dos Estados Unidos, noutras seleções e noutros clubes, sinceramente, não vejo ninguém com a qualidade técnica e com a inteligência de jogo que a Kika tem. Acho que vai ser um caso muito sério.

Como descreveria o Tiago como jogador?

Kika: Irreverente, talvez, e eu percebo o que ele diz. No futebol feminino há menos competitividade dentro das equipas e dos campeonatos, mas às vezes é um pouco mais fácil uma jogadora no futebol feminino dar nas vistas. O Tiago pode ser tão bom como eu, e tem-se destacado com os golos que tem apontado, porém, pode não dar tanto nas vistas porque o contexto onde está inserido é diferente.

Kika e TIago Gouveia Entrevista Benfica Campus

No um contra um quem ganha?

Tiago Gouveia: Acho que em espaços amplos sou eu, no espaço curto acredito que seja ela.

Kika: Em espaços compridos é ele, porque é rápido e esse não é o meu forte. Em espaços curtos ele nem tem hipóteses [risos].

Kika e TIago Gouveia Entrevista Benfica Campus

Qual é a melhor característica da Kika?

Tiago Gouveia: Acima de tudo é uma pessoa responsável, que sabe o valor que tem, e ela própria reconhece aquilo que faz. É muito sincera e humilde. 

Qual é a melhor característica do Tiago?

Kika: Fora de campo, mas relativamente ao futebol, consegue ser o mais sincero possível. Quando jogo mal diz-me, e quando jogo bem também o diz. Tenta sempre ajudar-me, dá-me a sua opinião e isso é muito importante.

Kika e TIago Gouveia Entrevista Benfica Campus

O que aprende a ver jogos das equipas masculinas?

Kika: É diferente. Isso é nítido e não vale a pena estar a esconder. Os homens são mais rápidos, mais fortes, mas tecnicamente eles, se calhar, ainda aprendem uma vez ou outra connosco. Dá para aprender. Em termos de estratégia dá para entender que têm mais experiência, até mesmo fora de Portugal. Há mais coisas para ver nos jogos deles, e nós, raparigas, tentamos tirar dali alguma jogada ou até um lance técnico.

O que é que a equipa feminina veio acrescentar ao Benfica?

Tiago Gouveia: Foi um passo muito bom que o Benfica deu ao criar uma equipa feminina, porque realmente as senhoras têm muita qualidade, têm pormenores incríveis dentro de campo, incluindo a Kika, obviamente. Foi muito bom para o Benfica, vê-se claramente a evolução ao longo destes anos.

Nota a evolução na forma de jogar?

Tiago Gouveia: Noto, e noto também porque o Benfica começou na 2.ª Divisão e havia uma diferença ainda maior em termos de qualidade. Agora já são jogos mais equilibrados. E não vou dizer que não aprendo, porque aprendo. Já disse à Kika que ela faz coisas inacreditáveis. Aprendo e aprecio.

Kika e TIago Gouveia Entrevista Benfica Campus

O que é que o futebol masculino ainda tem de aprender com o feminino e vice-versa?

Tiago Gouveia: No futebol feminino há muito menos polémicas. A maior diferença é essa. No futebol feminino há mais respeito entre as jogadoras.

Kika: O futebol feminino já não é o que era. Estamos a crescer bastante, estamos noutro patamar e vai ser sempre a subir. Há muitas diferenças, a estrutura física é diferente e acho que muitas raparigas deveriam treinar, nem que fosse uma vez por semana, contra rapazes. 

Kika e TIago Gouveia Entrevista Benfica Campus

Tendo em conta a tenra idade, é preciso ter um equilíbrio emocional forte?

Tiago Gouveia: Não é fácil. Tive uma época complicada, com altos e baixos, ganhei titularidade, perdi titularidade e com a Kika foi igual. Ela também teve uma fase em que jogava pouco e depois começou a ter sucesso. Não é fácil, mas é também para isso que servem os amigos, familiares e equipa técnica. Quando passamos por momentos menos bons, conseguimos estar sempre equilibrados e, acima de tudo, felizes.

Kika: Claro que sim, sobretudo com a nossa idade. Somos jovens e há que ter humildade. Quando as coisas correm mal não é o fim do mundo. Temos tempo para evoluir, tempo para crescer, para saber ganhar, perder e saber como agir.

Kika e TIago Gouveia Entrevista Benfica Campus

Qual é o peso de representar o Sport Lisboa e Benfica?

Tiago Gouveia: É um orgulho enorme, mas a palavra-chave é responsabilidade. Fora e dentro de campo temos de ser responsáveis. Não podemos, fora de campo, agir como se nada fosse. Temos de entender que representamos o Benfica.

Kika: É ter muita responsabilidade. Fora de campo, e mesmo que não sejamos reconhecidos mundialmente, representamos o maior clube do mundo. Dentro de campo é dar tudo, sempre, trabalhar o máximo possível e ganhar.

Texto: Diogo Nascimento
Fotos: SL Benfica
Última atualização: 12 de maio de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar