Râguebi

24 setembro 2021, 15h02

Pedro Vital

O treinador da equipa de râguebi do SL Benfica, Pedro Vital, antevê dificuldades para a estreia na edição 2021/22 do Campeonato Nacional, ante o Belenenses, no Belém Rugby Park. A partida disputa-se às 14h00 de sábado, 25 de setembro.

"Vai ser um primeiro jogo difícil contra uma equipa que ganhou a Taça no ano passado e que já está junta há bastante tempo, tendo as rotinas muito acentuadas, mas acho que vai ser um desafio bastante interessante para a equipa", projetou o novo técnico das águias.

O treinador mostra-se também otimista relativamente ao potencial das águias: "Estamos a fazer um bom trabalho desde o início e esperamos ter bons resultados este ano e conseguir ultrapassar os resultados dos anos anteriores. O grupo está muito unido e estamos a trabalhar nisso desde o início."

Diogo Pinto Basto

"Este ano voltamos a jogar todos contra todos em duas mãos, com os play-offs no final. Este novo modelo de competitividade permite gerir melhor as várias fases e picos de forma pelas quais a equipa passa e, como estamos a trabalhar muita coisa desde o início, dá-nos alguma margem de manobra para conseguirmos ajustar os planeamentos dos treinos para que a época corra da melhor forma", avaliou o líder da equipa técnica encarnada.

O técnico deixou elogios aos seus atletas: "É um grupo com alguma profundidade a nível dos jogadores, que estão a trabalhar forte para agarrarem o seu lugar. Havendo um treinador novo, acaba por ser um desafio para todos lutarem pelos seus lugares, mas o grupo está focado nos objetivos que traçámos."

Pedro Vital, recém chegado à Luz, explicou ainda que representar o "Benfica é um desafio bastante interessante". "Toda a equipa ajudou-me a mim e à equipa técnica na integração. Está a ser uma experiência fantástica e espero que possa continuar assim durante muito tempo", atirou o treinador.

Diogo Pinto Basto

Diogo Pinto Basto vê o adversário como uma equipa de topo

"O Belenenses tem sido uma equipa que nos últimos anos tem estado sempre no topo, tem constantemente alimentado as seleções principais e jovens, pelo que vai ser um jogo difícil", prevê Diogo Pinto Basto, um dos capitães da equipa.

O atleta indicou também as ambições encarnadas para esta temporada: "As expectativas que nos foram propostas pelos treinadores e dirigentes mostram-nos que menos de top-6 não é um bom objetivo. Neste caso, face ao modelo competitivo, isto significa atingir, no mínimo, os quartos de final."

Diogo Pinto Basto considera que "o facto de o modelo competitivo ter sido alterado e de haver uma nova competição internacional acaba por beneficiar as equipas que não têm tantos jogadores nas seleções".

"Este novo ano representa muitas diferenças no Benfica, desde a estrutura técnica a novos jogadores nacionais e internacionais, o que acaba por se traduzir numa ambientação diferente ao estilo dos treinadores, ao novo sistema dentro de campo e até à própria língua portuguesa, pois alguns dos jogadores são estrangeiros. Tem sido positivo, pois o ambiente nos treinos é bom e a equipa tem reagido bem às ideias do novo treinador", revela o ponta, que parte para a sua 3.ª época de águia ao peito.

Texto: Simão Vitorino
Fotos: Victoria Ribeiro / SL Benfica
Última atualização: 24 de setembro de 2021

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar