Benfica Olímpico

Os Jogos Olímpicos de Pequim 2008 foram os primeiros abrangidos pelo projeto do Clube. O crescimento tem sido notório desde então.

Os Jogos de Pequim 2008 foram os primeiros abrangidos pelo projeto Olímpico do Clube. O crescimento tem sido notório desde então.

O Benfica Olímpico tem como principal objetivo desenvolver e projetar os atletas do Clube com resultados de excelência para a mais importante competição à escala planetária – os Jogos Olímpicos.

O Sport Lisboa e Benfica, como instituição desportiva de referência, tem no seu historial eclético uma ligação ao ideário olímpico desde a fundação, com a participação de atletas do Clube nos Jogos, a partir de Berlim 1936, com destaque, nessa edição, para a presença do campeão nacional da maratona Manuel Dias.

A partir dos Jogos na capital germânica, apresentou sempre atletas ao mais alto nível ao longo das edições seguintes dos Jogos Olímpicos, até aos nossos dias. António Leitão, bronze nos 5000 metros em Los Angeles 1984, foi o primeiro atleta do Clube a conquistar uma medalha Olímpica.

Inspirado numa ambição da Direção, o Benfica iniciou na fase de preparação para os Jogos de Pequim 2008 a criação do projeto Benfica Olímpico. Assim, já em Pequim, o Clube esteve representado por cinco atletas com destaque para Nélson Évora e Vanessa Fernandes, que, já integrados nesse ambicioso projeto, conquistaram a medalha de ouro no Atletismo (triplo salto) e no Triatlo, respetivamente.

O crescimento tem sido notório desde os Jogos na capital chinesa, seguindo-se uma participação de 11 atletas em Londres 2012. Quatro anos depois, os Jogos do Rio de Janeiro 2016 registaram a representação (22) de atletas ligados ao Glorioso nas missões Olímpicas de Portugal.

A edição de 2016 ficou mesmo marcada pela conquista da medalha de bronze por Telma Monteiro (- 57 kg), naquela que foi a 4.ª presença da judoca no mais importante evento desportivo do mundo, a 3.ª integrada no Benfica Olímpico.

Em Tóquio 2020, o Benfica voltou a superar o número de atletas presentes em Jogos Olímpicos (24). Dezanove benfiquistas defenderam as cores de Portugal, mas houve mais nacionalidades servidas por atletas do Glorioso: Argélia (2), Angola (1), Equador (1) e Brasil (1).

Nos Jogos realizados na capital nipónica o grande destaque na Missão de Portugal foi para Pedro Pichardo ao conquistar a medalha de ouro no Atletismo (triplo salto) e para Fernando Pimenta bronze nos K1 1000 em Canoagem. Referência ainda para os diplomas olímpicos na canoagem de Teresa Portela 7.ª classificada no K1 500. E João Ribeiro e Messias Batista, integrados em K4 500 também com diploma olímpico (8.º lugar).

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar